Feira

Brinquedos surpresa e colecionáveis: empresas investem na onda e expõem na ABRIN 2019

O setor aposta na venda dos brinquedos em que a criança leva sem saber qual é o personagem adquirido, estimulando a febre mundial do unboxing.

 

A indústria conseguiu desenvolver uma estratégia que é um motor para manter o interesse do consumidor. As principais empresas do setor têm investido na febre dos colecionáveis-surpresa, ou seja, o comprador só sabe o que levou após desembrulhá-lo, alimentando outra moda, a do unboxing (no português, se refere ao ato de desembrulhar novos produtos).

Segundo Sharon Czitrom, diretora de Marketing da Sunny, os colecionáveis chegaram no mercado para ficar, pois permitem que a indústria opte por várias faixas de preço. Uma das apostas da empresa, neste caso, são os ovos de dragão Hactchimals.

“Antes, tinha o mistério de saber a cor do dragão. Agora, o mistério é saber qual o bichinho que vem”, diz Sharon. Ela ainda acrescenta que esses brinquedos mudaram a forma da criança brincar e se relacionar com o produto, pois elas trocam os repetidos entre si.

Na Hasbro, a linha de colecionáveis fica por conta dos Lost Kitties. De acordo com a empresa, os colecionáveis voltaram a ser um hit do mercado. São 36 gatinhos, cada um com uma personalidade diferente.

Ainda segundo a Hasbro, a ansiedade que se gera é uma motivação para a compra do brinquedo. Pode-se dizer que o brinquedo-surpresa se assemelha com a antiga experiência de colecionar figurinhas. Sempre havia a expectativa de abrir o envelope sem saber se o cromo era repetido ou não.

Após todo o sucesso da LOL, a Candide – distribuidora oficial da marca no Brasil – aumentou a importação da família de bonecas e acessórios. Além das próprias miniaturas, elas agora têm bichinhos de estimação, acessórios e embalagens diferenciadas. Com foco nos meninos, a Candide trouxe a linha Ready 2 Robot, formada por 75 pilotos e cinquenta robôs diferentes.

A Xalingo também passou a investir em colecionáveis, com a linha Orbeez Wow World Pets Mágicos. Alexandre Marques, gerente de Vendas, afirma que a empresa detectou a tendência desse tipo de brinquedo, direcionando o foco para o nicho. "Isso vem muito no rastro de LOL, que foi o brinquedo de mais sucesso em 2017 e permanece em alta, comenta Alexandre." Para encontrar cada criaturinha, a criança precisa abrir a embalagem do produto selecionado, retirar o lacre de segurança do globo e inserir água dentro do recipiente. Em segundos, as bolinhas (orbeez) desaparecem e o pequeno descobre a identidade do pet. A magia acontece novamente quando a criança retira a água do globinho e as bolinhas cobrem novamente o bichinho. Desta forma, ela consegue surpreender novos amigos e a diversão não acaba nunca.

Nesse universo, No universo de colecionáveis a Estrela vem com Bananas coloridas, cada uma com 7 surpresas diferentes em cada uma delas. As bananas têm cheiro agradável que não sai e são encaixáveis, podendo formar um cacho. Cada Banana vem com um crushie (são 26 personagens na família), seus brinquedinhos, joia personalizada, adesivo e um suporte para encaixar.

A Estrela vem com Bananas coloridas, cada uma com 7 surpresas diferentes em cada uma delas. As bananas têm cheiro agradável que não sai e são encaixáveis, podendo formar um cacho. Cada Banana vem com um crushie (são 26 personagens na família), seus brinquedinhos, joia personalizada, adesivo e um suporte para encaixar.

 

Leia também: ABRIN Talks: “Comportamento do consumidor e o que os lojistas estão fazendo para vender mais”

Leia também: Fabricantes de jogos participam do Game Show, novo espaço da Abrin

 

Fonte: Primeira Página

Redes Sociais