Expositores

Clãs da Caledônia, da Meeple BR, ganha prêmio internacional

Em plena ascensão dos jogos de tabuleiro, produto da marca foi premiado na categoria “Jogo Complexo”.

 

Quem achou que os jogos de tabuleiro estavam com os dias contados após o advento dos dispositivos digitais, errou. Pelo contrário, a cada ano que passa, só aumentam as vendas das empresas que apostam nos famosos passatempos de mesa. Nada de volta ao passado, mas sim novos jogos, mais complexos, e até mesmo um com pé no mundo virtual, o que alimenta o crescimento de público e revigora o mercado. O avanço da comunidade de jogadores surpreende até quem lida com o setor. São aficionados que, em geral, não costumam se apegar aos títulos mais conhecidos do público de massa, os chamados jogos clássicos, encontrados no varejo. Os objetos de interesse, na verdade, são os jogos modernos, exemplares de influência europeia (mais voltados à estratégia) ou norte-americana (associados à diversão e à sorte), cujas temáticas e mecânicas tendem ao infinito. Em sites especializados, como o  BoardGameGeek, por exemplo, são mais de 81 mil títulos diferentes cadastrados e que, até pouco tempo, só chegavam ao Brasil via importação pessoal. Prêmio
O jogo Clãs da Caledônia, lançado pela Meeple BR em 2018, é um exemplo disso. E mais: ele ganhou no dia 11 de janeiro um dos prêmios mais prestigiados do mundo dos jogos de tabuleiro, o MinD Spielepreis, um “braço” alemão do Mensa, na categoria “Jogo Complexo”. O Mind Spielerpreis é uma premiação que vem desde 2010 homenageando os melhores jogos de tabuleiro do ano. Ele é dividido em duas categorias, Jogos Complexos e Jogos Curtos. Para se ter ideia, o Mensa Internacional é uma organização que reúne pessoas com alto QI e coloca à sua disposição fóruns e meios de discussão a respeito da troca de informações intelectual. O Mensa Select é uma premiação anual que celebra os jogos de tabuleiro desde 1990, dando origem, anos depois, à sua versão alemã, o Mind Spielerpreis. O Clãs da Caledônia já está em sua segunda reimpressão e coloca os jogadores diretamente na transição de uma Escócia baseada em agricultura para uma nação industrializada. Dentro desse cenário, sobra para o whisky a responsabilidade de manter o país unido e próspero. Além disso, a população cresceu tornando necessária uma maior produção de comida, assim como o linho perdeu seu espaço para o algodão. Portanto, essa nova Escócia precisa lidar com a demanda de mercadoria para manter a população segura diante das mudanças. Ao mesmo tempo, o whisky, ganhando espaço como a bebida mais popular da Europa, faz com que cada jogador represente um dos oito clãs históricos que prosperaram nesse período e agora vão, mais uma vez, competir pela produção e exportação de comida, além da valorizada bebida. Junto a Clãs da Caledônia, nos últimos dois anos outros jogos da Meeple também fizeram bonito na premiação alemã, com Terraforming Mars, ganhando em 2018, e Orléans, em 2017.

 

Fonte: Primeira Página, com informações da Meeple BR.

Redes Sociais