Mercado

Filme Ugly Dolls, com brinquedos “vivos”, ensina a importância da aceitação

Filme Ugly Dolls, com brinquedos “vivos”, ensina a importância da aceitação

História traz o universo dos brinquedos “feios” e fala sobre diferenças e empoderamento.

 

Chegou aos cinemas brasileiros a animação Ugly Dolls, baseada na marca de brinquedos criada por David Horvath e Sun-Min Kim. O filme fala sobre a aceitação das diferenças e o empoderamento.

Na trama, destaque para o universo dos brinquedos “feios” sob o olhar de Moxy – uma boneca que tem esperança de ser adotada por uma criança e encoraja os habitantes de UglyVille a correr atrás dos seus sonhos.

Com sua determinação, ela acaba chegando ao paraíso dos brinquedos perfeitos e se depara com um vilão, que fará de tudo para que nem ela e nenhum dos habitantes de UglyVille consiga chegar até o mundo real.

O filme ainda revela que os brinquedos que não seguem o padrão são direcionados para UglyVille, porém muito mais é revelado sobre a misteriosa cidade durante o filme. Todos que vivem por lá têm consciência da real imagem que o mundo tem deles até que se deparam com o padrão de “perfeição”.

A história é cheia de reviravoltas, o que prende a atenção do espectador até o fim. A narrativa é simples, atingindo o foco principal: as crianças pequenas.

 

Leia também: Burger King lança combo com brinquedos do filme Detetive Pikachu

Leia também: Livro ensina brincadeiras tradicionais de vinte países africanos

 

Fonte: Primeira Página.

 

Redes Sociais