Mercado

Como fabricar brinquedos pedagógicos?

Segundo o Sebrae, o diferencial para quem quer ingressar nesse tipo de negócio está na criatividade responsável do empreendedor.

 

A fim de desmistificar e dar uma visão geral de como o negócio se posiciona no mercado, o Sebrae ressalta as variáveis para quem quer ingressar no segmento de brinquedos pedagógicos.

De acordo a entidade, a diversificação é o que mais envolve o objetivo dos brinquedos, tais como os materiais para alfabetização, a percepção visual e tátil, a coordenação motora e o reconhecimento das cores.

Acima de tudo, os produtos devem ser confiáveis, bonitos, atrativos, leves, coloridos e baratos.

É importante salientar que os brinquedos educativos costumam ter cores e formas geométricas diferentes, para propiciar à criança o desenvolvimento dos sentidos, da coordenação, do conhecimento de formas, cores e até o aprendizado dos números.

O conceito vem ganhando espaço entre as famílias

De acordo com Altino Ito, presidente da Abine (Associação Brasileira de Brinquedos Educativos) “os pais estão mais conscientes da importância dos brinquedos na formação dos pequenos, não só como forma de divertimento, mas também de Educação”.

O Sebrae alerta que tantas possibilidades tornam impossível formar um perfil de fábrica que possa confeccionar todos os tipos de brinquedos utilizando a grande diversidade de materiais possíveis e com os mais diversos propósitos.

Quando um empreendedor estiver implantando um negócio semelhante, deverá optar por um catálogo de produtos que sejam compatíveis com as suas habilidades específicas e sua criatividade, ou, se for o caso, de seus funcionários.

Desta forma, o perfil sugerido abordará uma fábrica específica para brinquedos de pano ou tecidos, por exemplo, onde os principais produtos serão bonecas, fantoches e bichos de pelúcia e pano com foco no público de crianças entre 1 e 6 anos de idade.

Lembre-se: a especificidade deste perfil não impede que um empreendedor o utilize como base para a implementação de um negócio semelhante. Basta que ele esteja atento às diferentes necessidades de equipamentos e matérias primas.

 

Leia também: 5 momentos marcantes na evolução da bola de futebol

 

Leia também: 6 brinquedos colecionáveis da Coca-Cola que deixaram saudade

 

Fonte: Primeira Página, com Sebrae

Redes Sociais